• Agrobid

Congresso Nacional da Bioenergia discute produção sustentável

Práticas de produção e manejo agrícola são temas do evento que acontece em Araçatuba

Evento vai discutir manejo sustentável na cadeia produtiva de combustíveis | Foto: Embrapa

O 15° Congresso Nacional da Bioenergia acontece de 6 a 7 julho, em Araçatuba, SP, e reúne profissionais de usinas e destilarias, fornecedores de cana-de-açúcar, pesquisadores e profissionais das cadeias de suprimento do setor. Nesta edição estarão disponíveis 12 salas temáticas, envolvendo desde assuntos relacionados ao manejo agrícola, industrial e de gestão da cultura, até a produção sustentável; sendo este último tema abordado na Sala Meio Ambiente e Sustentabilidade.


Vários profissionais discutirão questões que podem afetar o meio ambiente e como o uso de boas práticas contribui para minimizar impactos negativos. A pesquisadora da Embrapa Meio Ambiente Nilza Patrícia Ramos, que coordena o projeto “Desenvolvimento de metodologia para avaliação e premiação da relevância ambiental relacionada às boas práticas agrícolas e industriais adotadas no setor Bioenergético”, em parceria com a União Nacional da Bionergia (UDOP), participará deste debate abordando o tema sobre a importância do incentivo e da divulgação de práticas ambientais.


Nilza Patrícia cita que várias unidades produtoras de cana-de-açúcar passaram a adotar práticas mais sustentáveis nos últimos anos, e que isto é bastante positivo. Isto porque boas práticas podem evitar aumentos nas emissões de gases de efeito estufa, para a maior preservação dos recursos naturais, entre eles as áreas de vegetação natural e o uso da água, sem afetar rendimentos agrícolas e industriais.


Entretanto, segundo a pesquisadora, esses resultados positivos ainda são difíceis de serem percebidos pela sociedade em geral, devido à linguagem específica de divulgação, voltada para o setor agropecuário, ou por serem pouco disseminados. Assim, "ações de divulgação mais abrangentes são essenciais tanto para esclarecer a sociedade a respeito das boas práticas que já vem sendo adotadas, como para ampliar seus usos em outras unidades produtivas", enfatiza ela.


"O projeto UDOP/Embrapa de premiação de boas práticas ambientais foi criado, justamente para reduzir, em parte, essa deficiência, usando uma metodologia específica para quantificar e ranquear a relevância ambiental dessas práticas. Em 2021, a 1ª edição dessa premiação foi um sucesso, com a participação de mais de 33 projetos, sendo selecionados 4 ganhadores, cujas boas práticas foram divulgadas em vários meios de comunicação, de forma a atingir públicos variados e não só o setor agropecuário. Levar ao conhecimento da sociedade estes avanços, estimula a adoção não só no setor canavieiro, mas também de outras áreas da bioenergia", destaca Nilza Patrícia.


A pesquisadora vai falar sobre o assunto no último painel da Sala de Meio Ambiente e Sustentabilidade, que será moderado por Renan Bazzo, engenheiro ambiental e Segurança do Trabalho da Diana Bioenergia, com a palestra "A importância do incentivo e da divulgação de práticas ambientais", seguida da palestra "Finanças Verdes: Pagamento por Serviços Ambientais (PSA)", com Giovana Araújo, sócia da KPMG. Veja programação completa no site do evento.


Sobre o Congresso

Realizado por dois anos em formato virtual, devido à Covid-19, o maior congresso técnico do setor da bioenergia do Brasil retorna ao formato presencial com a expectativa de receber mais de 1.500 congressistas. Serão mais de 120 horas divididas em 80 painéis distribuídos em 12 salas temáticas e um Painel Magno, com cerca de 250 palestrantes e debatedores. A programação completa está disponível aqui.


Serviço

15º Congresso Nacional da Bioenergia Data: 6 e 7 de julho de 2022 Local: Universidade Paulista (Unip) - Campus Araçatuba


Fonte: Embrapa


Pensando em investir em tratores agrícolas para a próxima safra? Confira as opções disponíveis no Agrobid Marketplace!




1/78