• Agrobid

La Niña continua afetando Sul e Centro-Oeste do Brasil

Falta e excesso de chuva são os principais motivos das quebras de produtividade causadas pelo fenômeno

Agricultores de Mato Grosso relataram dias perdidos de trabalho na colheita da soja. (Foto: Unsplash)
Agricultores de Mato Grosso relataram dias perdidos de trabalho na colheita da soja. (Foto: Unsplash)

Os corredores de umidade continuam sobre o Centro-oeste e o Norte do Brasil. Segundo Marco Antonio dos Santos, agrometeorologista da Rural Clima, os próximos dias devem ter poucas chuvas e fraca intensidade na região Sul.


Essa situação mantém uma condição muito abaixo do esperado para a região que, em algumas áreas, está há mais de 90 dias sem receber chuva, o que atrapalha no desenvolvimento das lavouras de soja.


A tendência é que essa falta de água eleve ainda mais os percentuais de quebra de safra, principalmente no estado do Rio Grande do Sul. A previsão para volta das chuvas é para os dias 24 e 25 de fevereiro, mesmo assim em baixo volume.


Já para a região central a condição é completamente diferente, segundo o agrometeorologista, as chuvas devem ser diárias como aconteceu nesta última semana, o que pode afetar ainda mais a colheita nas áreas produtoras.


Confira no mapa a previsão de chuva acumulada para os próximos 15 dias:


Produtor(a) rural, você já conhece o Agrobid Marketplace? Acesse agrobid.superbid.net e confira as opções de animais e maquinário agrícola disponíveis.

1/57