• Agrobid

Plantadeira contribui para o desenvolvimento agrícola no Piauí

Relação custo benefício impacta à manutenção

Plantadeira em ação na cidade de Gilbués no Piauí, bem em cima da serra do Quilombo
Plantadeira em ação na cidade de Gilbués no Piauí, bem em cima da serra do Quilombo

A equipe do Marcas e Máquinas esteve na cidade de Gilbués no Piauí, bem em cima da serra do Quilombo. A propriedade é administrada pelo agricultor Osmar Conrad que há 11 anos investe para tornar a área cada vez mais próspera e vê com orgulho o desenvolvimento contínuo da região.


Começo - Conrad fala com satisfação do trabalho realizado na Fazenda Serra Alta. Há uma década ele investe para melhorar a qualidade do solo e a infraestrutura da propriedade e o resultado vem em forma de produção com qualidade. “É uma região muito boa! Temos safrinha e o que plantamos dá ótimos resultados, como soja, milho e arroz. Dá um certo otimismo, pois o futuro é promissor. É um país gigante com uma vocação agrícola, com uma capacidade muito grande para ser o celeiro do mundo”, comenta com entusiasmo.


Plantadeira - A chegada da plantadeira da Tatu Marchesan USAP 6000 de 54 linhas e espaçamento de 50 cm trouxe mais produtividade à Fazenda Serra Alta. Robinson Neves do setor de vendas da Tatu Marchesan dá mais detalhes sobre a performance do equipamento. “A máquina vem equipada com 5 caixas de sementes com capacidade de um mil a um mil e duzentos quilos por caixa. Além disso, o sistema de desligamento, linha a linha, dá autonomia na hora de fazer o arremate na cabeceira e o modo auto lubrificante te proporciona, então, o melhor custo benefício em manutenção”, destaca.


Tecnologia - Para Conrad a parceria com a Tatu Marchesan apresenta ótimos resultados. “É uma plantadeira moderna, forte, robusta em termos de plantio direto com um sistema de corte que funciona muito bem. A Tatu veio evoluindo com essas tecnologias e essa máquina, por exemplo, não sobrepõe onde ela já plantou. A plantadeira mapeia e passa em cima, só plantando nas falhas onde não tem semente. Esse sistema facilita a vida e dá uma economia boa, evitando desperdícios”, enfatiza.


O produtor rural Osmar Conrad acompanha de perto o trabalho na fazenda
O produtor rural Osmar Conrad acompanha de perto o trabalho na fazenda

Futuro - Satisfeito com os resultados do investimento em cima da serra do Quilombo, no Piauí, o produtor rural não descarta abrir novas frentes de trabalho. “Eu costumo dizer que o futuro a Deus pertence e eu estou com disposição para trabalhar e quem sabe não possamos desbravar outros estados se a família assim o desejar”, conclui Conrad.


Oportunidade - Para quem pretende mecanizar os seus processos de trabalho, o Superid Marketplace tem muitas opções de tratores que podem aumentar a produtividade. Confira:






1/58