• Agrobid

Saiba como a tecnologia pode melhorar o lucro do pecuarista

O tema foi analisado em uma Live realizada pelo Agrobid


O Agrobid realizou um “Papo de Agro” sobre pecuária de precisão. A live no Instagram contou com a participação de Xisto Alves, fundador da startup JetBov, e Luiz Adelar Scheuer, membro do Conselho Deliberativo Técnico da Associação Brasileira de Criadores Canchim. O bate-papo, moderado por Donário Almeida discutiu o processo de digitalização na pecuária.


JetBov

Xisto já trabalhava com tecnologia voltada para gestão. Ele conta que a startup surgiu após uma necessidade de organização na propriedade da família da esposa, que cria gado no interior catarinense. O incentivo partiu quando um dos primos assumiu a propriedade da família. “Ele me procurou para ajudá-lo com as dificuldades que tinha com as anotações e cadernos de campo, que não o ajudavam muito em como ele poderia transformar em ativo o custo da terra”, lembra. Xisto conta que a JetBov nasceu com o propósito de dar poder ao produtor para lidar com dados. “No início, nós esbarramos com a realidade de que a pecuária não é uma atividade simples de ser gerenciada”, relata.


“Os produtores estão vendo, cada vez mais, a importância de acompanhar a fazenda mesmo à distância. É uma necessidade de melhorar processos e controles”

Durante a pandemia, houve uma aceleração do agricultor rumo a novas ferramentas tecnológicas. Xisto Alves cita um estudo sobre a procura por canais digitais, para fazer transações de compra e venda, em que houve um salto na procura de 36% para 46% em 2021. “Esse estudo provou que o agricultor brasileiro está mais digitalizado que o americano”, afirma.


Além de acompanhar o manejo na propriedade, a JetBov também auxilia o produtor a monitorar o mercado. "A gente tá acompanhando o preço da arroba batendo recordes. Isso tem aberto ao pecuarista uma oportunidade de investir mais. Mas, por outro lado, o mercado está incerto. Os nossos clientes têm um plano avançado de acompanhar esses preços. Essa incerteza do mercado traz uma complexidade grande”, disse.


Rentabilidade

Xisto explica que saber o custo de produção passou a ser, cada vez mais, um fator determinante para o resultado. “Hoje, para você ter 10% de rentabilidade, é necessário ter um controle de acompanhamento muito maior. Tudo isso torna a gestão da lida mais complexa”, analisa.


A plataforma da JetBov é utilizada em quase 3 mil propriedades na América do Sul, atendendo pelo modelo de assinatura. O avanço da tecnologia e o acesso à internet na área rural acompanham o sucesso da startup no campo, contribuindo para a digitalização da pecuária. "A gente vê um avanço e um movimento forte das empresas que provêm esses serviços”, disse.


Canchim

O membro do Conselho Deliberativo Técnico da Associação Brasileira de Criadores Canchim, Luiz Adelar Scheuer, também falou sobre o impacto da tecnologia no aprimoramento da raça. Ele adotou um sistema tecnológico da Embrapa para acompanhar a lida, tornando o processo mais prático.


“Na minha fazenda não nasce um bezerro que não tenha passado pela simulação da matriz, peso ao nascer e à desmama. Não sei como seria possível fazer essa simulação, esse acompanhamento, de forma manual”, ressalta.

Confira as opções de touros e novilhas disponíveis na loja Canchim do Superbid Marketplace e acompanhe hoje o Webinar “Genética e lucratividade da raça”, às 19h (horário de Brasília), ao vivo pelo Youtube do Agrobid. Clique no botão abaixo e ative o lembrete para ser notificado sobre o início da live.





Loja Canchim no Agrobid Marketplace

Confiras as opções de touros e novilhas disponíveis na loja Canchim do Superbid Marketplace. Clique aqui e acesse.


1/58