• Agrobid

Saiba como o clima vai impactar o início do plantio!

La Niña e chuvas irregulares devem atingir algumas regiões produtoras do país

Lavoura de soja
Foto: Unsplash

É um tempo estratégico para agricultores de todo o país. O tempo do plantio já começou e, por isso, o clima e a previsão climática é um tema essencial neste momento. Será que vai chover na sua região? O volume de chuvas no Brasil será bom para que todos os agricultores comecem a plantar sem preocupações? E o fenômeno La Niña, deve prejudicar algum estado? Todas essas perguntas foram respondidas em mais um Papo de Agro, que contou com a participação de Alexandre Nascimento, meteorologista da Rural Clima.


La Niña e o início de plantio

Se há um assunto que sempre gera dúvida entre os produtores, é sobre os impactos do fenômeno La Niña no andamento da safra brasileira, especialmente no sul do país. Sobre o assunto, Alexandre tranquiliza os produtores para o início do plantio. “O La Niña está ativo, mas isso não deve ser motivo de pânico pelos produtores, especialmente os do Sul do Brasil. Poucas regiões serão afetadas de fato. Tudo indica que as chuvas virão no momento certo nesse início de plantio para os produtores. Alguns estados já estão vendo as chuvas chegarem, então a expectativa é otimista para esse início de safra, mesmo com chuvas irregulares.”


Clima no Sul e Sudeste

Nas últimas semanas, os produtores da porção sul do Brasil têm passado por dias bastante úmidos e com chuvas frequentes. Para Alexandre, as próximas semanas de setembro devem continuar assim em boa parte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, mas faz um alerta para a metade sul do Rio Grande do Sul.“O La Niña está presente e pode fazer com que essa região fique com menos chuvas, e nessa região o volume de precipitações deve ficar a conta gotas, mas ainda assim, nada comparado com a seca dos anos anteriores”.


Em Minas Gerais, alguns estados seguem na seca, sem chuvas, mas a previsão é de que as precipitações mais fortes devam começar apenas em outubro.


Clima no Centro-Oeste

As chuvas irregulares já estão presentes em boa parte da região e, segundo a Rural Clima, os agricultores das regiões onde ainda não choveu não devem se preocupar. “Para setembro, as chuvas são mais irregulares em Goiás e devem se regularizar em outubro. Algumas regiões do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul também já estão com chuvas consideráveis agora nesse início de mês e devem continuar assim.”


Clima no Norte e Nordeste

Para a região do MATOPIBA, “a perspectiva não poderia ser melhor”, segundo Alexandre Nascimento. Isso porque a Zona de Convergência Intertropical, principal fenômeno que causa chuvas na região, deve ficar na posição normal. Isso significa bom volume de chuvas para a região. “No ano passado, as chuvas começaram mais cedo, mas este ano elas devem chegar ali pela segunda quinzena de outubro, então os produtores não precisam se preocupar”, completa o meteorologista.


Em Rondônia, pancadas de chuva devem chegar já neste início de mês. No Pará e no Tocantins, as precipitações devem demorar um pouco mais, mas chegam com maior regularidade em outubro.


Pensando em investir em máquinas e implementos agrícolas? Confira as opções disponíveis no Agrobid Marketplace!



1/91