• Agrobid

Startups apresentam novas tecnologias para a atividade leiteira

Updated: Mar 17

Controle de mastite e monitoramento 24h são algumas das soluções apresentadas


Pavilhão da Bovinocultura de Leite tem a presença de startups que estão revolucionando o setor
Pavilhão da Bovinocultura de Leite tem a presença de startups que estão revolucionando o setor

O Pavilhão da Bovinocultura de Leite, na 22ª Expodireto Cotrijal, reúne novas tecnologias que estão despontando na atividade leiteira. Três startups, parceiras da Cotrijal, apresentam equipamentos de monitoração e análise de doenças.

É o caso da Axys Análises, de Porto Alegre, que está há dez anos no mercado e pela primeira vez participa da feira. A empresa trabalha com diagnóstico veterinário, na área de sanidade bovina e com pequenos animais, análises clínicas, diagnósticos sorológicos, diagnósticos moleculares (através de PCR), patologia, diagnóstico patológico e necropsia.

Conforme a médica veterinária Rafaella dos Santos, a empresa recebe amostras do Brasil inteiro na área de sanidade bovina, inclusive da Cotrijal.

"Fazemos a análise sorológica do gado que vai para recria. Ou seja, todo o diagnóstico sanitário para que eles cheguem bem saudáveis para continuar a produção do leite", explica Rafaella.

O laboratório também oferece o serviço de consultoria dos resultados, possibilitando que o médico veterinário acesse os profissionais para tirar dúvidas e discutir resultados.

Controle da mastite

Quem também estreia na Expodireto é a OnFarm, de Piracicaba. A empresa oferece um sistema que faz o controle de mastite através da identificação do agente causador. O diagnóstico ocorre em 24 horas, na própria fazenda.

Para isso, a OnFarm oferece um combo com estufa, placa e um aplicativo. O pecuarista coleta amostras de leite e insere informações da vaca no aplicativo. Em seguida, é realizado o processo de inoculação do leite na placa. No dia seguinte, ocorre a leitura da placa, que irá indicar se há ou não presença da bactéria.

"A OnFarm faz a identificação do agente da mastite. Ao invés de tratar com antibiótico direto, faz o reconhecimento por inteligência artificial no aplicativo. A tecnologia diz qual é a bactéria e qual é o tratamento", explica a médica veterinária Giovanna Costa.

O aplicativo não substitui o médico veterinário na fazenda, mas atua em parceria com os profissionais. Além disso, a OnFarm oferece suporte sete dias na semana via WhatsApp.

Monitoramento 24 horas

A CowMed, de Santa Maria, oferece um serviço de monitoramento 24 horas a partir de coleiras desenvolvidas pela empresa. O equipamento permite gerar notificações para cada animal que apresentou comportamento diferente durante as últimas horas.

"O sistema detecta o que o produtor não consegue ver", explica o colaborador da CowMed, Ezequiel Weber.

A tecnologia possibilita ao produtor acompanhar em tempo real a ruminação, atividade, ócio, ofegação e picos de consumo dos animais, confinados ou a campo. Além disso, o pecuarista recebe alertas de cio, alertas precoces de problemas de saúde, alertas de parto e avisos de alterações de dieta ou manejo.

Esta é a segunda participação da CowMed na Expodireto, presente também na edição de 2020. A empresa atua nas principais regiões de produção de leite no Brasil, no Paraguai e está iniciando trabalhos no Uruguai. Além disso, desenvolve pesquisas nos Estados Unidos e no Canadá.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Expodireto Cotrijal


Oportunidade

Pensando em investir em máquinas agrícolas? Clique aqui e confira as opções de tratores e implementos disponíveis no nosso marketplace.

1/57