• Agrobid

Tratormec: Mercado de seminovos é solução para crise de entregas

No Papo de Agro, youtuber Pablo Vasconcelos dá dicas para compra de máquinas agrícolas
Live "Papo de Agro". Foto via Instagram
Live "Papo de Agro". Foto via Instagram

O Agrobid bateu um Papo de Agro com o youtuber e tratorista Pablo Vasconcelos. O produtor rural e de conteúdo já carrega quase 100 mil inscritos em seu canal no YouTube, o Tratormec, onde ele testa e fala sobre manutenção em equipamentos agrícolas.


Origens - Vindo de uma família que sempre trabalhou no campo e apaixonado pelo mundo das máquinas desde criança, Pablo conta que criou o seu canal, em 2010, apenas com o intuito de armazenar os vídeos que gostava de gravar no campo. "Na época, o nosso celular aqui não tinha memória para salvar os vídeos, então tinha que gravar naquelas máquinas fotográficas. Eu precisava de um lugar para salvar esses vídeos. Passou um tempo, eu vi que tinha quase mil inscritos e cem mil visualizações, depois um milhão de visualizações”, recorda. Quando o canal Tratormec começou, os vídeos de Pablo eram mais simples e sem sua participação direta, apenas imagens dos equipamentos. “Um dia, chegou um rapaz na fazenda e ele não percebeu que eu estava gravando. Depois, vendo o vídeo, eu gostei de escutar e de me ouvir”, lembra.

Pablo Vasconcelos, o "Tratormec"
Pablo Vasconcelos, o "Tratormec". Foto via Instagram

Entrega de equipamentos - O aumento do valor dos insumos elevou o preço das máquinas agrícolas, prolongando também, o prazo de entrega de equipamentos, gerando uma grande demanda no setor. “Eu tenho um amigo que comprou um trator em outubro de 2021, com a ajuda da minha assessoria, e ele só vai receber o trator em junho deste ano. Ou seja, ele já perdeu uma safra”, conta.


Máquinas usadas - Como solução para o produtor rural, Pablo indica o mercado de seminovos para a compra e entrega imediata de equipamentos. “O mercado de usados tem uma vantagem, você compra e leva. O cara compra a máquina de manhã e já está trabalhando na lavoura a tarde”. Uma das possíveis preocupações para quem ainda não comprou um trator usado, pode ser a necessidade de uma manutenção aprofundada no equipamento. “Toda máquina usada precisa de uma revisão, e isso é normal. Necessita, às vezes, trocar os fios e ver os terminais. O segredo está no equipamento. Se você buscar um bom equipamento, você consegue pagar 10 mil em um trator que valia 50 mil”, pondera.


Dica - Pablo dá uma dica importante. Na hora de comprar uma máquina agrícola veja se na sua cidade ou região existe mão de obra especializada e uma loja para atendê-lo rapidamente. “As marcas têm um compromisso com você. Se você vai na concessionária procurar uma peça de determinado trator, não tem outro lugar para você ir, cobre deles. Anote o código da peça para encurtar o caminho”. Na dúvida entre marcas, Pablo ainda aconselha o produtor rural a optar por uma máquina em que a marca ofereça assistência na sua região, para evitar futuros prejuízos.


Regularização e comprovante - “Máquina tem que ter procedência”, afirma Pablo. A emissão da nota fiscal e guardar o comprovante de compra são pontos levantados pelo youtuber na hora de apostar em equipamentos agrícolas seminovos. “Trator não tem placa, mas tem nota fiscal. Tem que guardar a nota. Se você comprou da usina tal, na nota veio da empresa tal e etc. Se você comprou de um leilão, do Superbid, tem procedência.” alerta o youtuber.


Veja a live do Papo de Agro completa, clicando aqui, e aproveite para nos seguir no Instagram!


Oportunidade - E para quem pretende investir em máquinas agrícolas seminovas, confira as ofertas incríveis do Superbid Marketplace. São diversas opções de tratores, colheitadeiras, plantadeiras e pulverizadores que podem aumentar a sua produtividade.



1/57