• Agrobid

Vale a pena investir em inseminação artificial?

Genética bovina brasileira é destaque no programa Zebu para o Mundo


Imagem: Premix
Imagem: Premix

Da genética no campo até a carne na sua mesa: esse foi tema do último programa “Zebu para o Mundo”, que recebeu o executivo da Associação Brasileira de Inseminação Artificial(ASBIA), Cristiano Botelho. Em um papo descontraído com o apresentador Robson Quirino, o executivo contou sobre o trabalho da Associação, que foi fundada em 1974 para congregar as empresas que se dedicam ao fomento da pecuária no setor da produção e distribuição de sêmen, materiais e equipamentos de uso na inseminação artificial.


“A ASBIA dentre seus associados tem empresas que coletam e compõe sêmen, fazendas e outras associações. Em 2021, nós tivemos um crescimento de 70% no volume exportado, totalizando 870 mil doses, 90% de genética zebuína”, afirma Cristiano.

Mesmo com esse número já significativo na exportação, a ASBIA continua buscando novas maneiras de propagar a genética do zebu para mais países. Hoje, a maior parte das exportações é feita para países de clima tropical, como o Brasil.


Pequeno pecuarista também pode investir em inseminação artificial

“A inseminação artificial e a IATF não estão disponíveis só para os grandes. Não é caro! A inseminação, dentre os insumos que o produtor tem de custo de insumo, ela tem apenas 2% do valor de custo operacional”, comenta Botelho.


Números de comercialização de sêmen e embriões

A ASBIA é responsável por um relatório com os dados de comercialização de sêmen no Brasil. O material é elaborado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, o CEPEA-Esalq/USP, com dados fornecidos pela Associação.

Para o próximo ano, a Associação planeja elaborar também o mesmo material, mas voltado para embriões, já que houve um crescimento significativo na exportação nos últimos anos.


Programa Zebu Para o Mundo

Agora comandado pelo radialista Robson Quirino, o Zebu Para o Mundo recebe semanalmente importantes personalidades da pecuária brasileira. O programa é exibido todas às segundas-feiras no canal do Youtube do Canal do Campo.


Clique no vídeo e assista à entrevista completa!



1/105